terça-feira, 27 de novembro de 2012


PAIS PELA ESCOLA – A FIRMEZA DE CUMPRIR UM OBJECTIVO

Sob o “apelo” de Nossa Senhora de Fátima PAIS PELA ESCOLA – Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Marinhas do Sal, cumpriram, no domingo, dia 25 de Novembro, mais uma etapa do percurso que os há-de levar até Fátima pelas serras de Aire e Candeeiros!
            Num dia que amanheceu cinzento e ameaçador de chuva, com a neblina a envolver a serra num abraço apertado, PAIS PELA ESCOLA não desistiram e, partindo do ponto onde haviam terminado a 3ª etapa, percorreram os cerca de 9 quilómetros até ao Arrimal, sempre animados da esperança de ainda verem o sol aparecer.
            Não apareceu o sol, mas, nem assim, o encanto deixou de se fazer sentir!
            Os rebanhos de ovelhas e cabras e as manadas de vacas lá estavam aproveitando os pastos que, agora, se revelam bem mais viçosos! Os musgos e fetos que abraçavam os carvalhos, as moitas de urze e alecrim a inundarem o caminho com o seu aroma e as formas desenhadas no calcário das pedras que faziam os caminhos, permitindo adivinhar piscinas de minúsculas fadas e duendes que espreitavam a cada passo! E, até um caminheiro à partida desencontrado, acabou por se cruzar com o grupo a meio do percurso e comungar da boa disposição de todos! Já para não falar das surpresas que tínhamos preparado para crianças e adultos e que, na pausa para o lanche, constituíram um doce reconforto!
            Ouviam-se as badaladas do relógio da torre, anunciando as 15h, quando, em final de percurso, se entrava no Arrimal. E, para surpresa de todos, o som destas reportava-nos à Avé Maria!
            PAIS PELA ESCOLA voltou a contar com o apoio do núcleo riomaiorense do grupo nacional de caminheiros CAOS – CENTRO DE ACTIVIDADES OXIGÉNIO E SOL, e continuará a caminhar no próximo mês, propondo-se dar notícia do destino em paispelaescola.blogspot.pt, sítio onde também são visíveis as fotos, deixando, como habitualmente, o convite à a comunidade para que se associe a esta prática.

Manuela Fialho









sábado, 13 de outubro de 2012




COMUNICADO

PAIS PELA ESCOLA, tendo, nesta data, tomado conhecimento, por parte da Direcção do Agrupamento, da situação que envolve um professor da Escola Básica Marinhas do Sal em alegado abuso sexual com uma aluna, sua tutelada, informa:
         - As medidas implementadas pela Direcção vão ao encontro do que consideramos adequado, realçando-se a premência de a aluna envolvida e os demais alunos desta escola serem alvo da protecção e apoio que se impuser, designadamente, esclarecendo estes últimos, com toda a clareza, sobre o ocorrido e quaisquer dúvidas que os atormentem.
         - A Associação disponibiliza-se para, dentro das suas atribuições, apoiar a menor e a família envolvida.
         A Associação espera da Direcção do Agrupamento uma actuação firme e rigorosa na averiguação disciplinar em curso.


Rio Maior, 3/10/2012


Extracto da informação prestada pela Direcção do Agrupamento:




terça-feira, 18 de setembro de 2012




BEM VINDOS AO NOVO ANO ESCOLAR!

   Iniciou-se, no dia 14/09/2012 o novo ano lectivo.
   Profetizou-se para o ano 2012 uma mudança de paradigma, o início de uma nova era...
   No que toca à escola, estamos, efectivamente, a assistir à implementação de novos conceitos e formas de actuar que alteram muito do que vínhamos experienciando. Se para melhor ou para pior, a história o ditará.
   Para já, fomos confrontados com uma reorganização curricular que impôs a eliminação de um conjunto importante de disciplinas, com a publicação de um novo Estatuto do Aluno, com alterações ao regime de autonomia, administração e gestão dos estabelecimentos de ensino, com a introdução de novas regras nos benefícios sociais escolares...
   São, assim, vários, e exigentes os desafios do ano lectivo que ora se inicia!
   Aos alunos exige-se que tomem consciência dos seus direitos, mas também dos seus deveres, sempre orientados por uma cultura de cidadania “capaz de fomentar os valores da dignidade da pessoa humana, da democracia, do exercício responsável, da liberdade individual e da identidade nacional”!
   Á comunidade educativa em geral impõe-se que se consciencialize da sua responsabilidade pela salvaguarda do direito á educação e á igualdade de oportunidades no acesso á escola, reforçando-se a autoridade do professor no exercício das suas funções e a responsabilidade dos pais ou encarregados de educação no desenvolvimento da sua missão educadora e no cumprimento das suas obrigações de promoção do desenvolvimento físico, intelectual e cívico dos seus filhos e educandos!
   Concomitantemente, foram introduzidos mecanismos de responsabilização no exercício dos cargos de direcção e reforçada a competência do conselho geral enquanto órgão de topo da gestão escolar.
   PAIS PELA ESCOLA, cuja lista foi eleita como representante dos pais e encarregados de educação neste órgão, tem, assim, pela frente, novos e exigentes desafios!
   Cabe-lhe continuar na sua missão de agregação de todos os pais e encarregados de educação do Agrupamento, de forma a poder ser reconhecida como o interlocutor capaz de exigir o cumprimento das obrigações decorrentes do sistema em implementação, e denunciar as situações de abuso de qualquer dos elementos da comunidade educativa.
   Continua, pois, actual, o repto para que, nas várias escolas que integram o agrupamento, centros escolares incluídos, os pais e encarregados de educação se mobilizem de forma a dar corpo à sua associação.
   Só uma forte representação de todos os estabelecimentos terá a força necessária para implementar as medidas necessárias às boas práticas de ensino e a melhorar a qualidade do que já se ministra.
   Apelo, pois, a todos os pais e encarregados de educação que se associem e dêem voz a este projecto.
   De nós, os que já cá estamos, fica a promessa de continuar a trabalhar para a solidez do projecto que abraçámos!
      Um bom ano lectivo a todos!

                                            Rio Maior, 18/09/2012                                                                                                                  A Presidente de Assembleia Geral
Manuela Fialho

quinta-feira, 7 de junho de 2012

BAILE DE FINALISTAS 2012

            PAIS PELA ESCOLA, Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, levou a cabo, no passado dia 2/06/2012, no Pavilhão Multiusos, em Rio Maior, o baile de finalistas.
            O baile teve como destinatários os alunos dos 9º anos do agrupamento e contou com a participação de PAULO HOLANDÊS, bem como da banda dos alunos do agrupamento, composta por António Pouseiro, Regina Filipe, Bernardo Martins, Pedro Afonso e Diego Martinho, que teve ocasião de fazer a sua primeira exibição pública.
O evento, promovido pela Associação, contou com a presença de mais de 300 pessoas e levou, mais uma vez, ao recinto de dança, para a valsa de abertura, pais e filhos, o que ocasionou um momento de grande comoção.
Para além da entrega de diplomas pelos directores de turma respectivos, os alunos contaram ainda com várias surpresas ao longo da noite, de que se destaca a Dança dos Pares e as Estrelas da Sorte.
A cerimónia iniciou-se com os discursos de Manuela Fialho, Presidente da Assembleia-geral da Associação, Alexandre Canadas, Director do Agrupamento e Nuno Malta, Vereador presente em substituição da Sr.ª Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior que não pôde estar presente.
Este ano o Baile teve como mote a poesia, o que se reflectiu, não só na decoração da sala – onde cada mesa era dominada por um poeta –, como no primeiro discurso da noite que, apelando ainda ao legado deixado por grandes valores do panorama mundial, valorizou a não violência como forma de vida, bem como o trabalho, a responsabilidade, o diálogo, os valores e a importância de sonhar.
            Também os pais e encarregados de educação dos alunos homenageados aderiram à iniciativa, comungando do espírito da festa para a qual participaram contribuindo ainda para a mesa colectiva, repleta de iguarias.
PAIS PELA ESCOLA propôs-se realizar um evento que ficasse para sempre – e pelos melhores motivos – na memória daqueles a quem se dirige.
Pelas reacções captadas, o objectivo foi alcançado – pais e filhos cruzaram-se num momento verdadeiramente especial e, todos juntos, fizeram a festa!
Significativo foi ainda o investimento na imagem, visível em todos os jovens que aderiram á iniciativa!
            Colaboraram no êxito deste evento as seguintes entidades, empresas e pessoas: Câmara Municipal de Rio Maior, DESMOR – Empresa Pública Municipal de Gestão Desportiva de Rio Maior, CASTELO DE ALCANEDE, empresa de catering para eventos, Paulo Holandês, Escola, Professores, especialmente os Directores de Turma dos 9º anos, UTILTEJO, FLOR DO RIO, Sociedade Filarmónica de S. Sebastião, Mário Martins e Eusébio Martins (no serviço de apoio ao bar), Armando Monteiro (que conduziu a cerimónia) e António Santos (na portaria). Também os alunos Leonor dos Santos, António Castro, Bernardo Martins, Margarida Santos, Valentina Craveiro e Leonardo Lourenço (na recepção).
A todos, PAIS PELA ESCOLA agradece, empenhada!
A divulgação do acontecimento foi efectuada quer no Jornal Região de Rio Maior, quer na rádio Hiper FM, empresas ás quais desde já manifestamos igualmente a nossa gratidão!
A reportagem fotográfica ficou a cargo de ROLFOTO, pelo que aqueles que o desejarem poderão deslocar-se ao respectivo estabelecimento e escolher as fotos que mais lhes agradem.
  Manuela Fialho

terça-feira, 8 de maio de 2012

A MINHA ESCOLA ADOPTA UM MUSEU




No âmbito do projecto A Minha Escola Adopta Um Museu, e tendo como pano de fundo as comemorações dos 850 anos da criação da Ordem de Avis em Portugal, PAIS PELA ESCOLA acompanhou, no dia 28/04/2012, a Unidade de Cadetes do Mar de Rio Maior às celebrações que tiveram lugar em Lisboa, na Escola Superior Náutica Infante D. Henrique, na Fragata D. Fernando II e Glória e, por fim, no Museu da Marinha.

Este é um projecto que vem sendo implementado desde há 4 anos na Escola Básica Integrada Marinhas do Sal, do qual a Associação é parceira, e tem como coordenadora a Prof. Ana Cristina Martins que conta com a colaboração da Prof. Cecília Ramos.

Ambas têm promovido, com a colaboração dos Museus Militar e da Marinha, actividades de formação cívica que, no cumprimento dos objectivos que estiveram na génese do projecto, visam sensibilizar as camadas mais jovens para a valorização das questões nacionais e internacionais nos domínios da segurança e defesa, tendo o mar e a relação dos portugueses com ele como pano de fundo.

O projecto conjuga a abertura dos museus à escola, pretendendo valorizar o património militar e contribuir para a compreensão da motivação das actividades de segurança e defesa.

Numa apresentação mediante reportagem fotográfica levada a cabo no Museu da Marinha pudemos tomar conhecimento das actividades desenvolvidas com ambas as turmas envolvidas no projecto, actividades essas que passaram pelo desenvolvimento de competências como a atenção, concentração, pertença a um grupo, motivação, confiança e aprendizagem mediante recolha, tratamento e análise de documentação que, após árduo trabalho, levou à elaboração dos ROTEIROS DOS HERÓIS MARINHEIROS DO MUSEU DA MARINHA.

Num país de pioneiros do mar, a escola riomaiorense, também ela pioneira na implementação deste projecto, abriu caminho para o envolvimento dos museus com a comunidade escolar, permitindo que os alunos envolvidos se apropriassem do seu espólio, trabalhando-o em quatro grandes áreas de intervenção: Guias do Museus, Voluntários da Defesa, Relações Públicas do Navio e Colaboradores do Instituto de Socorros a Náufragos.

Situada numa área de conhecimento em regra pouco acessível fora de Lisboa, esta iniciativa potencia todo um leque de experiências e de oportunidades que poderão mesmo vir a delinear o futuro profissional dos jovens envolvidos no âmbito das carreiras marítimas, causas do mar e da defesa.

O grupo de Cadetes do Mar de Rio Maior, constituído pelos alunos participantes no projecto, apresentou, ao Director do Museu da Marinha, o trabalho que se traduziu na criação dos já mencionados Roteiros que, de futuro, servirão de guia aos visitantes do Museu.

A Unidade de Cadetes de Rio Maior ficará, assim, na história, pelo trabalho de elevado mérito que vem desenvolvendo em conjunto com as directoras de turma que, de forma empenhada, têm dedicado parte do seu tempo livre a esta missão, pelo que, Rio Maior, que vê, desta forma, o seu nome ser projectado para fora de muros, lhes ficará devedora!

E desenvolvendo-se o trabalho com base na promoção e divulgação do espírito de unidade e identidade nacionais, dos valores humanistas e universais que motivaram a presença do país no mundo, cimentando nos mais jovens uma cultura de cidadania, Portugal enriquece-se!

                                                                                                                                          Manuela Fialho


segunda-feira, 7 de maio de 2012




PAIS PELA ESCOLA A CAMINHO DE FÁTIMA

            PAIS PELA ESCOLA, Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, preparava-se, no dia 29/04/2012, para levar a cabo a 3ª etapa do percurso Rio Maior a Fátima pelas serras, desta vez com partida do Arrimal, quando foi surpreendia pela presença de um grupo de caminheiros do núcleo de Leiria do seu parceiro CAOS – CENTRO DE ACTIVIDADES OXIGÉNIO E SOL.
            E, porque acima de tudo há que preservar o convívio na amizade, ali mesmo se decidiu a suspensão da actividade a fim de, juntos, todos caminharem atrás da lenda da Serra da Lua, aquela que permitirá a quem tenha engenho para tanto, depois de sentir uma forte brisa, vislumbrar um cabrito doirado! E, deste modo, por entre veredas se encontrou, de novo, o Arco da Memória!
            Em presença do arco românico, cuja intenção terá sido marcar o eixo oriental das terras dos monges de Cister, lembrando uma promessa do primeiro rei de Portugal, cumpriu-se mais uma pausa a fim de ganhar forças para alcançar o ponto de partida inicial e, após, juntar os participantes num agradável almoço na Mendiga.
            PAIS PELA ESCOLA continuará a caminhar no próximo mês, propondo-se dar notícia do destino em paispelaescola.blogspot.com, deixando, como habitualmente, o convite à a comunidade para que se associe a esta prática.

Manuela Fialho

quinta-feira, 12 de abril de 2012



PAIS PELA ESCOLA na SERRA DA PESCARIA

No dia 25/03/2012, PAIS PELA ESCOLA caminhou por entre o mar e a serra, tendo como cenário a Praia do Salgado e a Serra da Pescaria.
Em mais um evento realizado com a colaboração do CAOS, núcleo riomaiorense, crianças e adultos, num grupo constituído por mais de duas dezenas de pessoas, tiveram oportunidade de beber de mais um domingo solarengo e usufruir da beleza natural que aquele percurso, de cerca de dez quilómetros, proporciona.
A caminhada iniciou-se em Famalicão, desenvolvendo-se por entre falésias, com uma paragem para caça ao tesouro.
No final, os participantes comungaram do almejado almoço num restaurante local, com a firme convicção de que o esforço saiu compensado e com a promessa de, no próximo mês, continuarem a caminhar. Simplesmente porque gostam!
Até lá!
Manuela Fialho



























































































terça-feira, 28 de fevereiro de 2012



PAIS PELA ESCOLA EM CAMINHOS RURAIS

No passado dia 26 de Fevereiro, PAIS PELA ESCOLA, Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento Marinhas do Sal, levou a cabo mais uma das suas caminhadas mensais, desta vez pelos caminhos rurais de Rio Maior.
Com partida na Senhora da Luz e termo no parque das Bocas, os caminhantes foram conduzidos, ao longo de cerca de 10 Km, por terras do Arco da Memória, Venda da Natária e Alto da Serra onde, bebendo de um sol magnifico, puderam comungar com a natureza e gentes com as quais se foram cruzando.
O grupo teve, como vem sendo hábito, a adesão de várias crianças, pais e avós que, não obstante algumas dificuldades de percurso, usufruíram, de forma alegre e descontraída, da paisagem pejada de alecrim e marcela, e salpicada, aqui e ali, por rebanhos de ovelhas.
A história local voltou a fazer-se presente através de uma primeira paragem num dos arcos da memória, testemunho da passagem, em tempos idos, de D. Afonso Henriques pela região!
A organização esteve, como habitualmente, confiada ao CAOS – CENTRO DE ACTIVIDADES, OXIGÉNIO E SOL, núcleo riomaiorense, grupo com o qual a Associação mantém uma parceria para o efeito.
A finalizar o percurso, aqueles, de entre os membros do grupo, que assim o desejaram, puderam ainda usufruir de almoço, desta vez com as salinas de Rio Maior como pano de fundo.
PAIS PELA ESCOLA continuará a sua marcha no último domingo do próximo mês de Março, pelo que fica, desde já, o convite à participação!

Manuela Fialho
PAIS PELA ESCOLA NOS CAMINHOS RURAIS DE RIO MAIOR














































































































26/02/2012































































segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

PAIS PELA ESCOLA A CAMINHO DE FÁTIMA














No cumprimento do seu plano de actividades, PAIS PELA ESCOLA, Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, levou a cabo a 2ª etapa do percurso Rio Maior a Fátima pelas serras, desta vez com partida de Teira e final em Casais Monizes.
Contando, mais uma vez, com o apoio do grupo nacional de caminheiros CAOS – CENTRO DE ACTIVIDADES OXIGÉNIO E SOL, a associação reuniu, no Domingo, dia 29/01, cerca de 70 pessoas das mais variadas idades que, aproveitando o bom tempo que se vem fazendo sentir caminharam, serra adentro, no intuito de alcançar o objectivo delineado – chegar a Fátima percorrendo as serras de Candeeiros, Santo António e Aires.
É uma oportunidade única para conhecer o complexo Maciço Calcário Estremenho (no Maciço Calcário Mesozóico), que é a mais importante zona calcária de Portugal.
Ao longo do tempo, através de processos geomorfológicos, os elementos naturais foram modelando a rocha, sobretudo de origem calcária, dando origem a mais de mil e quinhentas grutas, uma das quais, a de Alcobertas, se cruzou no caminho percorrido. À superfície, são visíveis outros elementos geológicos de relevo, como por exemplo, os algares.
E, como o caminho se faz caminhando, ora são visíveis as enormes extensões pejadas de moitas de alecrim, ora se avistam, ao longe, os casarios que salpicam a serra, as lagoas de apoio aos pastos, ora, ainda, os rebanhos, cavalos e flora variada e, não menos importante, a paisagem modificada pelo parque eólico e explorações pedreiras.
Durante os cerca de 10 quilómetros percorridos, nem sempre fáceis, mas absolutamente agradáveis, houve ocasião para avós, pais e netos usufruírem da sempre almejada pausa para lanche e convívio dos participantes que, a final, ainda se puderam juntar para o almoço onde, como vem sendo hábito, as crianças não pagam.
PAIS PELA ESCOLA continuará a caminhar no próximo mês, propondo-se dar notícia do destino em paispelaescola.blogspot.com e, por isso, desde já deixa o convite para que a comunidade se associe a esta prática.

Manuela Fialho

2ª Etapa Rio Maior Fátima - as fotos







































































































































































PAIS PELA ESCOLA EM ATL DE VERÃO

PAIS PELA ESCOLA EM ATL DE VERÃO


PAIS PELA ESCOLA, Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, levaram a cabo, durante todo o período de férias escolares de Verão, um ATL.

Durante toda a época balnear, PAIS PELA ESCOLA, serviu, não só as crianças deste Agrupamento, como toda a comunidade riomaiorense.

Atendendo à crise que o país atravessa, a Direcção da Associação apostou em abrir as suas portas a toda a comunidade, aceitando todas as crianças em idade escolar que necessitassem dos seus serviços, praticando, para o efeito, preços acessíveis a todas as bolsas. A população aderiu, em força, a esta oferta.

PAIS PELA ESCOLA contou, para tanto, com a disponibilidade de alunos voluntários que, juntamente com a Presidente da Direcção, Dr.ª Rita Castro, colaboraram na organização de actividades, constituindo grupos de trabalho, encabeçados pelos mais velhos, o que muito os motivou e agradou a todos quantos quiseram usufruir deste serviço.

Contribuíram para este efeito os seguintes elementos: Ivone Castro, Eusébio Almeida, Francisco Salgado, Beatriz Marques, António Castro, Rodrigo Ribeiro, António Reis, Leonardo Lourenço, Wilson Santos, Margarida Santos, Mariana Silva, Beatriz Simões e Mariana Salgado.

A Direcção está grata pelos bons serviços prestados por estes voluntários, vindo por este meio, agradecer e louvar o seu voluntarismo ao serviço da comunidade riomaiorense.

A Direcção da Associação pretende ainda agradecer a colaboração das entidades envolvidas, a saber, a Escola Básica de Marinhas do Sal, a Câmara Municipal de Rio Maior, a DESMOR e o Café STADIUM, cujos préstimos em muito engrandeceram o trabalho ali realizado.

A Direcção

Violência das redes sociais